Seg06262017

Última atualizaçãoQui, 22 Jun 2017 6pm

Cultura

Unesco

Museu de Congonhas através de livro

A ex-presidente do Iphan e ex-coordenadora da Unesco, Jurema Machado, tomou posse, nesta quarta, como membro do Conselho Curador do Museu de Congonhas, que zela pela instituição, seu patrimônio e o cumprimento de seus objetivos. Também possuem cadeiras nele Unesco, Iphan, IBRAM, Igreja, Prefeitura e Ministério Público. Jurema aproveitou a visita a Congonhas para entrevistar o prefeito Zelinho e o diretor-presidente da Fumcult e diretor do Museu de Congonhas, Sérgio Rodrigo Reis, para produção de um livro encomendado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Este registará o processo de criação da instituição museológica e sua funcionalidade. A experiência, que será traduzida em várias línguas, será enviada para outros sítios reconhecidos pela Unesco como patrimônio mundial, com objetivo de estimulá-los a terem equipamentos como este, dedicado ao Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

“Não sei de outro caso de um museu que tenha sido criado para interpretar um sítio histórico. No Museu, é possível explicar os cuidados tomados para preservação dos 12 Profetas de Aleijadinho e o resultado que se obteve. Ele situa a obra do Santuário no contexto mundial, explicando seu processo de concepção (pelo ermitão português Feliciano Mendes), e construção, e também como o Brasil percebeu primeiro seu aspecto devocional e depois o da arte nele contida. O Museu realça a experiência de conhecer”, explica Jurema, considerada pelo prefeito Zelinho como a madrinha do Museu, por ter acompanhado todas as suas etapas até agora.

Em março, o livro deverá estar pronto e ainda neste semestre, disponibilizado por meios eletrônicos. Mais à frente, será feita a versão impressa para lançamento e distribuição pelo Mundo. Unesco contratou também a consultora Cristina Lins para criar a metodologia do estudo do impacto do Museu de Congonhas sobre os aspectos cultural e socioeconômico da cidade.

Foto e texto : Por Secom/ PMC