Busca

3º Comando operacional de Bombeiros Militares

sábado, 26 de janeiro de 2019 às 14:23 - por, redacao.

Notas oficiais BMMG


 Neste sábado (26), donativos arrecadados até o momento são suficientes, relatório inicial das vítimas


Na noite de sexta feira (25/1), por volta de 22h30, o Corpo de Bombeiros Militar  foi acionado pelo Comandante da Operações do rompimento da barragem em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, o qual solicitou apoio com efetivo.  Foi acionado primeiramente uma primeira equipe composta por 25 militares, sendo 15 do 4º BBM (Juiz de Fora), e 10 militares 2ª Cia Independente (Barbacena), todos com cursos específicos para atuação nesse tipo de ocorrência. Sendo que a maioria atuou no incidente de Bento Rodrigues em nov/15.

Os combatentes saíram de Juiz de Fora na madrugada de sábado às 01:00h.

As 02:00h houve uma concentração final em Barbacena e a seguir houve o deslocamento onde  chegariam no local do incidente por volta de  07:00h. A equipe, composta por cinco oficiais e vinte praças, irá compor o efetivo total empenhado na resposta direta ao desastre. Todo o efetivo dos Bombeiros Militares do Estado se encontra de prontidão para serem empenhados a qualquer momento.

Nota divulgada nesta manhã de Sábado (26/1).

O Governo de Minas através da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil de Minas Gerais- CEDEC/MG e o Servas agradece o empenho e a solidariedade do povo mineiro com os afetados pelo rompimento da Barragem da Mineradora Vale em Brumadinho, e informa que os donativos arrecadados até o momento são suficientes, não sendo necessário o envio de mais materiais para o socorrimento humanitário.

NESTE MOMENTO  – Sábado / 14h20 

Boletim de atualização das forças integradas de segurança
*Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil*
Comunicamos aos prezados profissionais da imprensa e população em geral a atualização de cenário de rompimento da barragem em Brumadinho, no dia de hoje (26/01/2019).
O esforço interligado das frentes de segurança que, desde ontem, atuam incansavelmente nas buscas pelas vítimas, permitiu apurar os seguintes dados até o momento:

Dos 345 desaparecidos, 46 foram encontrados e encaminhados para unidades de saúde. Permanecem desaparecidas 299 pessoas e 9 vítimas fatais foram retiradas dos rejeitos. 86 famílias estão cadastradas em zonas de alto salvamento (treinamento em ponto alto para serem socorridas). Destas 86 famílias, duas foram contatadas e resgatadas. As demais, permanecem aguardando, devido à ausência de energia elétrica, sinal de telefonia e internet, que dificultam a localização exata das vítimas. 

Imagens: TV Bombeiro