Busca

Escolas Estaduais aderem à paralisação

quinta-feira, 17 de Maio de 2018 às 15:54 - por, redacao.

Em Conselheiro Lafaiete


Profissionais da educação cobram salários atrasados.


 

Profissionais de Conselheiro Lafaiete e região participaram da manifestação ontem na capital Belo Horizonte (Foto). Uma em cada quatro escolas de Minas Gerais aderiram à paralisação proposta pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE).  A Secretaria de Estado de Educação informou que num total de 3.461, apenas 989 escolas permanecem com as atividades paralisadas, ao longo desta quinta-feira (17/5) no Estado. Conforme direção do Sind-UTE, em Conselheiro Lafaiete e região, ocorreu uma paralisação total ou parcial, em algumas escolas da rede (Narciso de Queirós, Astor Viana e Monsenhor Horta). Declarações de sindicalistas engajados no movimento, afirma que nesta próxima sexta-feira (18), o sindicato voltará a cobrar do governo Pimentel, o pagamento em dia dos salários atrasados. Uma nova proposta será discutida numa assembleia em Belo Horizonte e os profissionais da educação prometem somente retornar ao trabalho, com o pagamento na conta em dia.