Busca

 Colégio Batista conquista dois ouros e um bronze na World Robotics Olympiad (WRO)

quinta-feira, 20 de setembro de 2018 às 10:18 - por, redacao.

 Olimpíada de robótica


 Encontro é considerado mais importante do mundo no segmento de educação. Com a vitória, Colégio Batista vai representar o Brasil na etapa internacional da WRO.


O Batista se tornou bicampeão do torneio e garantiu vaga para representar o Brasil na etapa internacional da World Robotics Olympiad (WRO), a competição mais importante do mundo no segmento de educação

Referência e um dos pioneiros em Minas Gerais no ensino de robótica, o Colégio Batista Mineiro oferece a modalidade em todas as unidades ( Belo Horizonte, Ouro Branco e Uberlândia/MG).  Na unidade Uberlândia, a escola já trabalha com o ensino há 10 anos. Agora, mais uma vez, o Batista confirmou a excelência do ensino de robótica ofertado aos estudantes com a tripla conquista na World Robotics Olympiad (WRO) – competição de robótica mais importante do mundo do segmento de educação. O Colégio ganhou dois ouros na etapa nacional do torneio nas modalidades Senior High e Elementary, além do bronze na categoria Junior High. Em 2017, o Batista também ganhou a olimpíada brasileira na categoria Senior High, se tornando agora bicampeã da WRO.

A olimpíada foi realizada no último dia 1º de setembro, em Jundiaí, São Paulo. O resultado oficial da modalidade Senior High, contudo, foi confirmado pela WRO na última quinta-feira (13). Com a vitória, as equipes do ouro do Batista garantiram a vaga para representar o Brasil na etapa internacional da WRO, que reúne os vencedores nacionais de mais 60 países onde o torneio é realizado. Agora, a escola e as equipes se organizam para viabilizar a participação para disputar a final, que, neste ano, será na Tailândia, de 16 a 18 de novembro.

A WRO é uma competição voltada para estudantes a partir de 10 anos. Trata-se de um evento para a ciência, tecnologia e educação para o qual as escolas são convidadas a formar equipes para o torneio. O objetivo é reunir jovens de todo o mundo para desenvolver criatividade e habilidades necessárias para a resolução das problemáticas de robótica propostas durante a competição.

Bicampeão

Pela segunda vez consecutiva, a equipe Metroid conquista o primeiro lugar da modalidade Senior High, para estudantes de 16 a 20 anos. Formada pelos estudantes Arthur Martins Santos e Otávio Almeida Leite, a equipe é da unidade Uberlândia e no ano passado disputou a etapa internacional da WRO na Costa Rica. A equipe também já venceu outras competições, a exemplo do Torneio Brasil de Robótica (TBR). “É uma alegria colhermos esse tipo de vitória, pois testifica tudo que temos feito. O Arthur e o Otávio estão na 3ª série do Ensino Médio e essa foi a última oportunidade que tiveram de participar da WRO conosco, fechando este período com mais um troféu. Toda a comunidade da escola está em festa devido a essa vitória”, afirma Jean Silveira, diretor da unidade Uberlândia do Colégio Batista.

O diretor destaca também que as aulas de robótica são ofertadas pela unidade já há 10 anos por se tratar de uma oportunidade de crescimento para o estudante tanto do ponto de vista social quanto profissional. “A robótica consegue evidenciar aqueles estudantes que estão prontos para ocupar um ‘lugar ao sol’ no século 21, uma vez que é necessário ter as habilidades que a sociedade moderna tem demandado, como capacidade de trabalhar em equipe, determinação e resiliência”, pontua Jean.

Campeões na estreia

Além da Metroid, a equipe Techbots, da unidade Ouro Branco, levou ouro na modalidade Elementary, para estudantes de 10 a 12 anos, conseguindo a pontuação necessária para a classificação para a etapa internacional. Essa foi a primeira vez que a equipe – formada pelos estudantes Ivan Dias Andrade Domingos Machado, Leonardo Reis Alvares e Sophia Hoyer Maciel – participou do campeonato. “Responsabilidade, trabalho em equipe, dedicação, compromisso, força de vontade foram os pilares para que a equipe pudesse alcançar um ótimo resultado na WRO. Foi um tempo de muito aprendizado, experiência e alegria para toda a equipe de Ouro Branco”, afirma a diretora do Colégio Batista Mineiro Unidade Ouro Branco, Sandra Coelho. A equipe Alfabots, da unidade Floresta (Belo Horizonte), também estreou este ano na WRO. Formada pelos estudantes Eduardo Kaeser, Rafael Barbosa e Ian Carlos, a equipe conquistou o terceiro lugar da modalidade Junior High, para estudantes de 13 a 15 anos.

 Robótica no Batista

No Colégio Batista Mineiro, o estudante é desafiado a propor soluções reais para as problemáticas propostas durante as aulas de robótica. O objetivo é capacitar os estudantes a desenvolver projetos que podem impactar, de fato, a vida da sociedade. Em meio a um ambiente propício a descobertas, o programa de robótica do Batista visa também fortalecer e consolidar os ensinamentos adquiridos dentro da sala de aula. A proposta é transformar a sala de aula em um ambiente no qual os estudantes sentem-se instigados a realizar montagens, observar, comparar, argumentar e pesquisar.

 

Fotos: Divulgação/ Assessoria de Comunicação – O ensino de robótica do colégio inclui ainda torneios internos e prepara equipes para a participação em competições regionais, nacionais e internacionais.