Busca

No agravamento da pandemia

terça-feira, 20 de abril de 2021 às 12:33 - por, redacao.

Gerdau


Empresa destina mais de R$ 2 milhões para apoiar municípios.


Na batalha contra os impactos gerados pelo avanço da Covid-19 em Minas Gerais, a Gerdau tem intensificado o seu apoio aos municípios onde atua.  A empresa destinou no primeiro quadrimestre às prefeituras e projetos sociais de nove municípios, mais de R$ 2 milhões em recursos para saúde e assistência social.Este apoio se soma aos R$ 7 milhões doados pela companhia para Minas Gerais desde o início da pandemia. O valor contempla equipamentos hospitalares e de proteção individual (EPIs), ampliação de leitos e cestas básicas. Parte das doações foram encaminhadas, nesta última semana, por meio das Agências de Desenvolvimento, importantes parceiros que atuam nos municípios.

A Gerdau doou uma série de equipamentos e aparelhos de monitoramento e assistência médica ao Hospital Municipal Raymundo Campos, de Ouro Branco. Entre os itens destinados à Ala Covid e ao Suporte Clínico da unidade de saúde estão: monitor multiparâmetro, oxímetro, eletrocardiógrafo, termômetro a laser e colchões pneumáticos. Para o município de Barão de Cocais foram doados cinco leitos para atendimento clínico no Hospital Waldemar das Dores. A Gerdau apoiou ainda, recentemente, o Hospital Fundação Ouro Branco (FOB) com a doação de respiradores. Os equipamentos foram necessários para a conclusão da reforma e ampliação de leitos na unidade de saúde. Para Wendel Gomes, diretor da Gerdau em Minas, as doações reforçam o compromisso da empresa com a sociedade e seu papel de apoiar no combate à pandemia Covid-19 em todo o Brasil e em especial nos municípios onde está presente. “Acreditamos que somando as forças, podemos colaborar para que o Brasil supere este momento tão delicado e possamos, juntos, amenizar o sofrimento das famílias diretamente afetadas pela pandemia” afirma.

Desde o início da pandemia, a companhia já realizou também a destinação de recursos para os Hospitais São Camilo, de Conselheiro Lafaiete e São João de Deus, em Divinópolis, que puderam ampliar leitos e comprar de insumos e equipamentos para o atendimento médico da população. Outro município beneficiado neste mês com doações para a área da saúde foi Barbacena, que recebeu da Gerdau 2.700 unidades de máscaras descartáveis e 1.000 litros de álcool em gel 70%, que foram repassados diretamente ao Consórcio Intermunicipal do Centro-Sul de Minas Gerais (CISRU), que administra e oferece suporte ao Samu na região. Em Ouro Preto, foram doadas 200 unidades de cestas básicas à prefeitura do município para repasse a famílias dos guias turísticos, que estão sem renda, em função do atual cenário.

O combate à fome, que tem crescido em todo o país, também está entre as preocupações da empresa. Em Divinópolis, por meio do projeto Fazendo Arte, foram cadastradas famílias que receberão apoio para compra de alimentos. A iniciativa faz parte da campanha “Corona no Paredão”, que foi lançada nacionalmente pela ONG Gerando Falcões, e conta com apoio financeiro da Gerdau. A Gerdau prevê ainda, até o fim deste mês, outras iniciativas em municípios como Conselheiro Lafaiete, Itabira, Moeda, Três Marias e Urucuia.

Apoio ao comércio local

Lojistas de Ouro Branco ganharam em março um importante reforço para amenizar os impactos da pandemia em seus negócios. A Gerdau se tornou parceira do Programa de Recuperação Socioeconômica – Avança Ouro Branco. Uma das iniciativas é o “Compre Ouro Branco”, uma plataforma digital para fomentar o comércio local. O empresário cadastra sua loja no programa e poderá efetuar suas vendas online, oferecendo desconto para os clientes.

O valor do desconto não impactará o lojista, pois a diferença será paga pelo fundo criado pela prefeitura de Ouro Branco e a Gerdau. Além disto, em parceria com o SEBRAE-MG, serão oferecidas capacitações específicas, considerando o desafiador cenário econômico. O programa inclui também a capacitação para os motoboys, profissionais fundamentais para realizar as entregas dos produtos comercializados no programa. “Neste momento em que as vendas presenciais estão comprometidas, buscamos criar essa ponte entre o comerciante e os clientes como forma de gerar valor para todas as partes”, explica Wendel. Share