Busca

Um casal de jovens teria morrido em C. Lafaiete

segunda-feira, 16 de Abril de 2018 às 15:23 - por, redacao.

Overdose


Autoridades investigam a causa que poderia ter sido a utilização de uma nova droga.


Às 13h04min desse domingo, 15 de abril, a Polícia Militar compareceu a um apartamento localizado na rua Agenor Peixoto, Bairro Rochedo, onde foram encontrados os corpos de um rapaz de 20 anos, natural de Belo Horizonte e de uma moça (20) natural de Conselheiro Lafaiete, os mesmos foram encontrados sem os sinais vitais, em posição de decúbito dorsal sobre um colchão localizado dentro de um dos quartos do referido apartamento. No local, uma equipe do SAMU já se encontrava presente. Houve o acionamento da Perícia Técnica.  Na casa havia por toda parte um forte odor de maconha, bem como resquícios de drogas, cachimbos e utensílios utilizados para o consumo. Haviam outros dois homens no imóvel, sendo que um deles (21) informou que a vítima (homem) residia naquele imóvel.

Ele relatou que no dia anterior havia consumido bebida alcoólica e substância ilícita juntamente com as vítimas no interior do apartamento. Por volta das 10h30 do dia seguinte, ao acordar, percebeu que ambas as vítimas não estavam muito bem de saúde, sendo que a jovem apresentava roxidão nos lábios e nas mãos, além de estar com a temperatura corporal baixa. Assim, acionou o SAMU. Ele relatou que além deles terem consumido maconha, de sua propriedade, as vítimas consumiram uma droga conhecida como “mescalina” (pó branco que se encontrava armazenado em uma cápsula verde. Diante ao exposto foi dada voz de prisão em flagrante delito ao cidadão  de 21 anos pelo crime de tráfico de drogas, tendo em vista ele ter fornecido a droga “mescalina” para às vítimas.

“Mescalina”

Até o registro das mortes neste fim de semana, não havia sido registrada nenhuma ocorrência relacionada ao consumo e tráfico de “mescalina” em C.Lafaiete. A droga é deriva de uma planta chamada botão de mescal, que é usada há séculos pelos índios americanos em seus rituais. Seu consumo provoca distúrbios de consciência, gerando estado de euforia ou depressão, sensação tátil exacerbada e confusão mental. Esta droga pode ser encontrada em forma de pó, líquida, comprimidos brancos e de cápsulas gelatinosas brancas.