Busca

Polícia de Barbacena investiga o caso

segunda-feira, 07 de Maio de 2018 às 16:43 - por, redacao.

Médica acusada


Profissional não apresentou documentação durante abordagem.


Neste domingo (6/5), a Polícia Militar da cidade de Barbacena/MG diante ao cumprimento de um mandado de busca e apreensão, numa clínica particular com sede na cidade, realizou abordagem a uma médica de 37 anos. A profissional para qual havia um mandado de busca e apreensão em seu desfavor, se apresentou como Obstetra Ginecologista e proprietária da Clínica. Ao ser solicitado, ela não mostrou a documentação referente ao exercício legal do estabelecimento médico.  No interior do estabelecimento, havia uma paciente que era submetida à retirada dos pontos de uma Mini Abdominoplastia (“Mini Abdominoplastia” – procedimento da Cirurgia Plástica Corporal, onde mulheres e homens que têm a pele abdominal em excesso e gordura concentra no abdômen inferior, podem se beneficiar do procedimento médico).

Ao ser questionado, a paciente comentou que teria realizado a cirurgia com a “profissional” em num hospital com sede na cidade de Juiz de Fora/MG. Conforme declaração, na ocasião teria sido realizada um pagamento no valor de R$1.200, pelo procedimento cirúrgico. O caso não foi confirmado pelo hospital citado e no interior do local a PM encontrou vários materiais e medicamentos, na casa da acusada, vários medicamentos foram também localizados, demonstrando uma possível suspeita na prática ilegal da profissão.

Durante toda ação dos policiais, a acusada permaneceu calada se beneficiando dos seus direitos de falar somente em juízo.  Devido ao crime praticado ser de competência do Juizado Criminal Especial, ela não foi detida em flagrante, ficando confirmado o seu comparecimento perante uma audiência com data já marcada no Juizado Especial.