Busca

Tiros e perseguição policial na rodovia

quarta-feira, 06 de setembro de 2017 às 15:38 - por, redacao.

Assalto a uma transportadora


Graças à observação e informação de um pedestre, bandidos foram detidos com a mão na massa.


Na tarde desta quinta-feira (5/9), Policiais Militares deslocaram para rua Doutor João Fernandes, Bairro Santa Cruz,  região oeste de Conselheiro Lafaiete/ MG, após serem informados sobre a ocorrência de roubo em uma empresa transportadora. Tal informação foi repassada por uma testemunha que, ao observar próximo ao local, relatou ter visto um homem rendendo um funcionário da empresa e ordenando a ele para que entrasse rapidamente  para o interior do estabelecimento. Aparentemente, o autor estaria armado, pois possuía um volume em sua cintura. Assim que a equipe da PM chegou, observou-se que um “olheiro” , que rapidamente, correu para o interior da empresa, na sequência, dois suspeitos evadiram, empreendendo fuga a pé, até alcançar um veículo Renault Logan de cor prata.

Uma perseguição pela rodovia

Um cerco foi acionado pela PM e o carro foi acompanhando pela viatura sentido rodovia  BR 040, um outra equipe deslocada, capturou  outro envolvido de 38 anos durante uma tentativa de fuga próximo a ele a polícia encontrou um revólver Taurus de 4” – calibre .38 , municiado com seis munições  (encamisado de ponta oca e  ogival de chumbo)  além de uma máscara e um boné.

No apoio a quadrilha, foi encontrado um veículo caminhão VW 8150, utilizado pelos marginais durante ação delituosa, em consulta ao sistema informatizado do Centro de Operações da Polícia Militar – COPOM /PMMG acusou estar com placa clonada, sendo que pelo chassi, constatou-se a sinalização de queixa/roubo. No interior do caminhão havia um aparelho bloqueador de sinal de satélite utilizado para bloquear o rastreador do veículo, uma corda, fita crepe branca incolor e um porrete.

Troca de tiros e finalmente , menos uma quadrilha

Na rodovia, sentido ao município de Congonhas, militares da 9ª Companhia de Polícia Independente realizaram cerco/bloqueio no trevo da cidade, sendo a ação executada e resultando na abordagem do veículo logo na entrada da cidade.  Na perseguição o assaltante de 36 anos, ao perceber o cerco, bateu em alta velocidade em um pequeno barranco, saindo da pista. No interior do carro, um segundo autor de 28 anos, armado com uma pistola oxidada  Taurus PT.380 com 11 munições (Gold HEX – Expansiva da marca CBC, intactas).  Uma troca de tiros teria ocorrido durante a ação, embora a impressa local não tenha recebido esta informação oficial, leitores do Jornal ESTADOATUAL informaram a nossa redação que vários disparos, ocorreram durante esta ação.

Outro carro envolvido no delito teria sido abandonado na localidade de Gagé, os parceiros da quadrilha, não foram encontrados. Um Fiat Bravo com placa adulterada foi apreendido e removido para o pátio credenciado do DETRAN. Os três autores foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia de Conselheiro Lafaiete. Após denúncia, agentes localizaram próximo ao local do roubo, em um matagal, roupas que possivelmente teriam sido utilizadas pelos envolvidos, dentre elas, uma blusa azul (uniforme) que os autores usaram para simularem serem funcionários de uma empresa. Nestas blusas, havia a inscrição “PIM” escondido por fita crepe, um segundo envolvido, usava a mesma blusa. A Perícia Técnica compareceu e realizou os devidos trabalhos periciais.

Depoimento das vítimas

Em conversa com funcionários, os mesmos relataram que teriam sido rendidos pelos autores pelo horário das 15h18 e amarrados com lacre de carga. Todos foram presos dentro do banheiro da empresa, com a chegada das equipes policias, as vitimas saíram do local e conseguiram se desamarrar.  No interior do galpão do estabelecimento foram encontrados  e apreendidos, uma peruca e uma toca preta , feita de meia fina.

Quadrilha

Conforme apuração do serviço velado da PM (P2), o trio seria parte de uma quadrilha com envolvimento com o crime organizado na região metropolitana de  Santa Luzia, Vespasiano e Belo Horizonte.